#1- Meu 1º intercâmbio: Canadá

Foto 01

Em 2017 eu realizei um dos meus maiores sonhos da vida, que era fazer um intercâmbio. Eu coloquei essa ideia na cabeça desde o ensino médio, quando quatro intercambistas começaram a estudar na minha escola, eram um finlandês, uma japonesa, uma australiana e uma americana. A americana, Corin, ficou na minha sala. E eu lembro que  achei um máximo aquela experiência, e desde então, coloquei na minha listinha de sonhos, a vontade de estudar fora.

Eu não tenho família abastada, então tinha zero possibilidade de meus pais pagarem um intercâmbio para mim quando eu terminasse os estudos. Portanto, esse sonho ficou guardadinho para quando eu terminasse a faculdade e começasse a trabalhar.

Depois que me formei trabalhei durante 7 anos, e cinco destes no mesmo lugar. Daí, no final de 2016 a crise me pegou e eu fui demitida. E foi então que, depois de fazer um estudo sobre as minhas finanças, vi que estava com as duas coisas essenciais para realizar meu sonho: dinheiro disponível e tempo. Então comecei meu planejamento.

Decidi ir para Toronto no Canadá. Foi a melhor escolha já feita por mim. A experiência de viver em outro país por um mês, sem saber falar a língua direito e estar totalmente sozinha, me fez ter outra visão de mundo e intensificou uma coisa que sempre tive, que é a vontade de conhecer lugares diferentes. Tanto perto da minha cidade, quanto outros países.

Eu fui para o Canadá em junho de 2017, mas foi engraçado que quando eu cheguei lá, eu fiquei tão encantada com tudo, que não tive vontade de blogar, ou de gravar stories ou simplesmente fotografar. Eu queria estar 100% ali, aproveitando cada momento e cada experiência.

Só agora, seis meses depois de tudo (e com muita vontade de voltar), que decidi fazer um registro de tudo o que aconteceu e em como eu me preparei para realizar esse sonho. Eu sei que blogs não possuem tanta visualização e que talvez muitos não vejam meus registros. Mas, eu me sinto muito mais a vontade escrevendo e quero deixar tipo um “manual” de como eu fiz cada coisa para conseguir viajar sem ter problemas, e claro, as lições aprendidas para que eu não cometa erros nas próximas viagens. Fora que ao escrever, eu acabo relembrando os momentos legais e me motiva a me planejar para voltar novamente para lá.

Wishlist: calça clochard

544518852-13-0000-tp_z_1.jpg

Fonte: Renner

Vocês já tiveram a experiência de odiar um determinado tipo de coisa e depois de um tempo, começou a cair de amores pela coisa? Eu ando muito nessa vibe. Principalmente com roupas. Estou tento cada vez menos identificação com as peças do meu armário. Acho que a idade está batendo à minha janela mais veemente. 

E com isso, tenho gostado de roupas mais arrumadinhas, com tecidos de melhor qualidade (eu falava que eram roupas de velho! rsrs). E uma peça que entrou na minha wishlist por passear entre a formalidade e a informalidade é a calça clochard. Eu achava esse modelo super esquisito e jamais imaginei que um dia eu poderia querer usar. Pena que estou na fase de contenção de custos e decidi não gastar com coisas que não preciso no momento.

Mas, não é por isso que eu não possa ficar na net procurando referências de looks descolados e arrumadinhos utilizando a clochard. Eu gosto das com cores sóbrias e sem muito volume no quadril (os meus são muito largos), o que dá uma disfarçada.

Olha quanto look “cara de rica” dá para compor com elazinha:

colagem 1

collage 2

O que vocês acham dessa calça? Descolada ou esquisita?