Como começar a consumir de forma consciente.

Ultimamente venho pensando muito nas questões ambientais. Mais precisamente em moda sustentável, slow fashion e em consumo consciente. Cada vez mais estamos num processo de consumismo desenfreado e ando tentando lutar contra essa necessidade de compras já a algum tempo.

Nunca fui dessas mulheres que compram por impulso ou que compram alguma peça e depois deixa encalhada num canto. Normalmente penso muito antes de comprar uma roupa ou um sapato. Mas, desde 2015 tenho me podado mais nas compras. Fiquei quase um ano sem comprar roupas novas e realmente só fui comprar peças novas quando estava me preparando para ir para o Canadá em junho. A minha demissão ano passado colaborou mais ainda para as compras conscientes (estamos em crise e precisamos economizar, né gente?).

Eu sempre me faço uns questionamentos antes de comprar algum objeto que me chamou atenção por algum motivo. Sempre dá certo e garanto que se você começar a fazer esses questionamentos, logo, logo irá ver como estará economizando e de quebra dando uma força para o meio ambiente! Vamos aos questionamentos:

Eu REALMENTE preciso disso?

Eu POSSO ganhar isso?

Eu quero comprar isso para FAZER PARTE de algum grupo social ou porque eu QUERO?

Eu QUERO comprar isso de verdade ou só quero porque está TODO MUNDO USANDO?

Você acha que essa compra traz algum impacto no planeta?

Se depois que você responder essas três perguntas, você ainda quiser comprar o objeto de desejo, vá em frente. Com o tempo você verá que a maioria dos seus desejos é puro desejo impulsivo e vai perceber que existem coisas muito mais importantes para se gastar, como por exemplo, viagens e comida! 🙂

#02 – É tendência: veludo!

large

Há muito tempo não faço compras por motivos de o-país-está-em-crise-e-não-posso-ficar-gastando-com-bobeiras. Mas, esse detalhe não é um impedimento para eu ficar de olho nas tendências do inverno, e uma das tendências que eu gostei (até certo ponto) foi essa volta do veludo. Achei as composições atuais bem interessantes e até pensei em me permitir comprar uma blusinha de alcinha de veludinho preto para fazer uns looks mais da tendência, mas ainda não tive coragem de gastar com peças de roupas que eu não preciso (já que estou naquela vibe menos é mais). Peguei até algumas inspirações no Lookbook:

01

As blusinhas de alcinha com jeans ficam legais, sozinhas ou sobrepostas. Fora o fato de que eu adoro esse tom de rosa queimado.

02

As saias também ficam legais, mas acho que não arriscaria usar. Uma peça dessas é bem datada, então não teria muito tempo de vida. A moda vai passar e eu ficarei com esse trambolho encalhado.

03

Também achei interessante lançar mão de um mix com colete jeans e camisa, o blazer por cima do vestido e uma peça toda de veludo, como esse vestido da terceira foto. Mas sei lá… essas modas me incomodam porque no fim das contas, as pessoas acabam uniformizadas. Todo mundo igualzinho sem dar espaço para a criatividade.

E vocês? Já aderiram a tendência ou vão deixar passar? Comentem!